criacionismo (1)

Características que fazem o Criacionismo e o Evolucionismo inconciliáveis  

apologética criacionismo (1)Características que fazem o Criacionismo e o Evolucionismo inconciliáveis

             Autor: Robson T. Fernandes

 Precisamos entender as verdadeiras características do Criacionismo e do evolucionismo para afirmar com convicção que tais pensamentos são antagônicos.

            Vejamos, então, as suas características:

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      O homem é obra do Criador.

PARA O EVOLUCIONISMO

      O homem é o resultado aleatório de uma acidente espontâneo.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      O homem foi criado para uma finalidade por seu Criador.

PARA O EVOLUCIONISMO

      O homem não tem uma razão para sua existência.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      O homem foi criado para passar uma eternidade com seu Criador.

PARA O EVOLUCIONISMO

      Não há vida após a morte. Não há nada após a morte.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Como ser criado, o homem tem atributos que o fazem singular.

PARA O EVOLUCIONISMO

      O homem é simplesmente um animal.

      Atributos singulares como moralidade são um absurdo.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Antes da Criação não havia tempo, espaço e matéria.

PARA O EVOLUCIONISMO

      Espaço, tempo e matéria sempre existiram.

PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      A luz foi criada.

PARA O EVOLUCIONISMO

      A luz é eterna tal como o universo

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      A terra foi feita com uma superfície fria, com água.

PARA O EVOLUCIONISMO

      A terra começou a se formar com uma superfície quente.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Deus fez a atmosfera rapidamente e esta permaneceu constante.

PARA O EVOLUCIONISMO

      A atmosfera, atualmente, é diferente da original no sentido de que está “diminuindo”, isto é, antes havia bastante metano, amoníaco etc., mas hoje predominam o oxigênio e nitrogênio.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      A vida vegetal só surge após a criação da atmosfera.

PARA O EVOLUCIONISMO

      A atmosfera aparece a partir da vegetação.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      As aves e os animais aquáticos foram criados no mesmo dia.

PARA O EVOLUCIONISMO

      A vida surgiu na água e só depois “evolui” para a terra.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Deus criou as plantas divididas em espécies diferentes.

PARA O EVOLUCIONISMO

      As plantas possuem um “ancestral” comum, isto é, elas evoluíram a partir de uma única espécie.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      No dia em que as plantas foram criadas já possuíam frutas, sementes e as características adultas.

PARA O EVOLUCIONISMO

      As plantas evoluíram ao cabo de um longo processo.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      O planeta Terra é o centro da criação de Deus e o ser humano a coroa de Sua Criação. Os demais planetas, estrelas etc. têm a finalidade de servir de alguma forma ao homem.

PARA O EVOLUCIONISMO

      A Terra é apenas mais um planeta no meio do vasto universo.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Os primeiros seres criados incluem animais de grande porte, animais aquáticos e seres voadores.

PARA O EVOLUCIONISMO

      Os animais passaram a evoluir a partir de espécies simples até que atingissem a complexidade.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Deus fez o homem com características físicas e espirituais diferentes dos animais, tornando-o, assim, uma espécie diferente.

PARA O EVOLUCIONISMO

      O homem é descendente de um símio, e por isso pertencente a mesma família do “macaco”.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Sempre, ao final de cada dia da Criação, Deus afirmou que viu tudo e considerou “muito bom”. Com isso, a morte, que é consequência do pecado, só veio a ser introduzida na humanidade após o pecado de Adão.

PARA O EVOLUCIONISMO

      A morte sempre existiu, e o pecado é apenas uma falácia filosófica.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      O homem foi o único ser criado que possui a imagem e semelhança de Deus.

PARA O EVOLUCIONISMO

      O homem nada mais é que a semelhança de um símio, um “macaco”.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Os dias da criação só literais, isto é, possuem 24 horas reais e literais.

PARA O EVOLUCIONISMO

      O período que engloba a evolução do planeta e dos seres envolve milhões ou, talvez, bilhões de anos.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Tudo o que existe foi concluído ao final de seis dias literais, e por isso, em perfeita ordem e completo.

PARA O EVOLUCIONISMO

      O processo evolutivo é contínuo e se realiza atualmente, ainda.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      O catastrofismo é uma das infinitas ferramentas utilizadas por Deus, isto é, grandes modificações podem ser feitas em curtos períodos de tempo.

PARA O EVOLUCIONISMO

      O uniformitarianismo é o meio pelo qual entendemos o passado, isto é, as mudanças o corridas se deram ao cabo de longos períodos de tempo, e nunca em curtos.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Deus fez toda a sua Criação animal com características herbívoras. A ordem para se digerir carne só é encontrada após Noé sair da Arca.

PARA O EVOLUCIONISMO

      Desde o surgimento dos primeiros animais já havia o hábito alimentar carnívoro, predatorismo, canibalismo…

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      A composição física do homem se deu a partir do “barro”.

PARA O EVOLUCIONISMO

      A composição física do homem se deus a partir de outro animal, um símio.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Deus formou o homem do pó da terra, e portanto, soprou-lhe o “fôlego de vida” a partir de matéria inanimada.

PARA O EVOLUCIONISMO

      O homem surgiu por mero acaso a partir de outro ser vivo.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Adão foi um ser real, primeiro homem e um personagem individual.

PARA O EVOLUCIONISMO

      A expressão “Adão” refere-se apenas a uma raça de ancestrais humanos, um grupo de seres.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Adão tinha a responsabilidade de liderar, administrar, o Éden, seu filho, Abel, foi um agricultor.

PARA O EVOLUCIONISMO

      A prática da agricultura só surge muito tempo após o processo de evolução humana.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Adão foi feito um homem com idioma completo e formado, possuindo vocabulário e gramática.

PARA O EVOLUCIONISMO

      O processo de comunicação através da linguagem só ocorre muito tempo após a evolução humana.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Ao homem foi dado um espírito. O que vem lhe diferenciar de qualquer outra espécie, tornando-o totalmente distinto de qualquer ser existente e criado.

PARA O EVOLUCIONISMO

      Já que o ser humano evoluiu a partir de animais, este não pode ser muito diferente dos tais, mas apenas no seu aspecto psicológico.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      A companheira de Adão, Eva, foi criada a partir de uma costela sua.

PARA O EVOLUCIONISMO

      As mulheres e os homens têm a mesma origem e ancestralidade.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      A fidelidade conjugal, bem como a própria constituição familiar alicerçada no matrimônio foi estabelecido pelo próprio Deus, a partir de Adão e Eva.

PARA O EVOLUCIONISMO

      O casamento nada mais é que uma invenção cultural inventada no processo de evolução humana.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      O homem foi criado no sexto dia. Portanto, está presente desde o princípio da Criação por uma diferença de apenas alguns dias.

PARA O EVOLUCIONISMO

      A Terra possui 4,56 bilhões de anos, e o homem só veio a existir há aproximadamente 100 mil anos.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      O jardim do Éden foi um local geograficamente localizado.

PARA O EVOLUCIONISMO

      O jardim do Éden nada mais é do que uma fábula.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Caim e Abel foram personagens reais, citados na Bíblia e confirmados por Cristo.

PARA O EVOLUCIONISMO

      Caim e Abel são penas mitos.

 PARA O CRIACIONISMO BÍBLICO

      Os primeiros povos possuíam tecnologia avançada. Por exemplo, haviam músicos, artífices de metal, construtores etc.

PARA O EVOLUCIONISMO

      Os primeiros povos eram primitivos e sem tecnologia desenvolvida.

             Diante do que foi exposto podemos concluir que os dois ensinos, Criacionismo e Evolucionismo, são incompatíveis e inconciliáveis, possuindo preceitos e ensinos absolutamente opostos.

            Portanto, resta-nos decidir sobre qual deles iremos nos apoiar…

robsontfernandesRobson Tavares Fernandes é bacharel em Teologia pelo STEC (Seminário Teológico Evangélico Congregacional). Tem se dedicado desde 1998 ao ensino e pesquisa bíblica na área de Apologética, sendo autor de vários artigos já publicados. Atuação como professor: Curso de Teologia da Igreja Batista da Palmeira, CBA (Curso Básico de Apologética) e ITESMI (Instituto Teológico Superior de Missões). Atuação como pesquisador: VINACC (Visão Nacional para a Consciência Cristã). Atuação como palestrante: Encontro para a Consciência Cristã, Simpósio Criacionista da Paraíba, Seminário Criacionista da Alagoas. Tem ministrado, ainda, palestras em igrejas, escolas e universidades.

Contato:  cristovira@bol.com.br  rtf75@bol.com.br

Atenção:
O conteúdo desta página tem objetivo formativo e educacional. OS ARTIGOS AQUI PUBLICADOS SÃO DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES, CITADOS NO FINAL DE CADA ARTIGO. NÃO NECESSARIAMENTE ESTA PRODUÇÃO CONCORDA INTEIRAMENTE COM O ENTENDIMENTO TEOLÓGICO DE CADA AUTOR. TODAVIA, OS PUBLICAMOS COMO FONTE DE CONHECIMENTO E COMO FORMA DE CONTRIBUIR PARA O ALARGAMENTO DO ENTENDIMENTO E A POSSIBILIDADE DE CONHECERMOS VÁRIAS FORMAS DE PENSAR. CABE A CADA LEITOR REFLETIR, À LUZ DA BÍBLIA, SE CONCORDA OU NÃO COM OS POSICIONAMENTOS AQUI EXPRESSADOS. 

Deixe uma resposta