0_sardes_4

Sardes “Canção de Alegria”

arqueologia-biblica 0_sardes_1Sardes “Canção de Alegria”

Nome de uma cidade que pertenceu aos meónios e que veio a ser capital da Lídia. Estava situada ao pé do monte Tmolo, e nas margens do rio Pactolo, afluente do Hermo. A maior parte da cidade ocupava uma planície pantanosa, mas a cidadela ficava sobre um outeiro flanqueado por grande precipício. Era a capital de uma região muito fértil. Um dos seus reis chamava-se Creso, famoso pelas suas imensas riquezas. No ano 546 A.C., foi tomada por Ciro, o Grande, que fez dela a sede de uma satrapia. O incêndio de Sardes pelos atenienses em 499 A.C., provocou a invasão da Grécia pelos persas, nos reinados de Dario e Xerxes. No ano 334 A.C., entregou-se a Alexandre, o Grande, depois da vitória de Granico. …no ano 129 A.C., organizada que foi a província da Ásias, a cidade de Sardes ficou dentro dos seus limites. Havia nela uma colónia de judeus, Antig. 14.10,24. O Apocalipse menciona a existência de uma igreja cristã nesta cidade, Ap. 1:11; 3:1,4.

Dicionário da Bíblia, p. 450, John D. Davis

 A Acrópole

Conhecida biblicamente como a casa da igreja, que recebeu a quinta das cartas para as sete igrejas do Apocalipse, Sardes era a capital do império lídio e uma das maiores cidades do mundo antigo.

Localizado às margens do Rio Pactolo, Sardes estava a 60 milhas para o interior de Éfeso e Esmirna. A cidade foi a casa do bispo Melito famoso no século 2.

0_sardes_2

Templo de Artemis

Artemis era a deusa principal da cidade e do templo a ela dedicado em Sardes foi um dos sete maiores templos gregos (mais que o dobro do tamanho do Partenon).

Artemis, conhecida como Diana pelos romanos, era filha de Zeus e gémea de Apolo. Ela era a deusa da caça, da lua e da fertilidade.

0_sardes_3

 Sardes Cidade Baixa

“Ao anjo da igreja em Sardes escreve … Conheço as tuas obras, que tens nome de que vives, e estás morta Sê vigilante, e confirma os restantes, que estão prontos para morrer:. Porque eu não achei as tuas obras perfeitas diante de Deus. Lembra-te, portanto, do que tens recebido e ouvido, e guarda-o, e se te arrependeres. … Se não vigiares, virei a ti como um ladrão “(Ap 3:1-3 )

0_sardes_4

Ginásio com Sauna

Um grande complexo construído no centro da cidade baixa, no século 2 incluía um ginásio com sauna.

O complexo tinha mais de cinco hectares de tamanho e a parte ocidental era caracterizada por grandes salões abobadados para banhos. A parte oriental era um espaço para palestras, um grande pátio aberto para o exercício.

0_sardes_5

 A Sinagoga

A sinagoga de Sardes era notável pelo seu tamanho e localização. Em tamanho, é uma das maiores sinagogas antigas. No local em que se encontra no centro urbano, em vez de na periferia como era habitual para as sinagogas. Isso comprova a força e a riqueza da comunidade judaica na cidade. Esta sinagoga entrou em uso no século 3.

Fonte: http://iadrn.blogspot.com.br/2013/05/a-cidade-de-sardes.html

Deixe uma resposta