Arquivo da categoria: Infantil

Florzinhas - A mentira tem pernas curtas

Florzinhas de Jesus – A Mentira Tem Pernas Curtas

Florzinhas - A mentira tem pernas curtasFlorzinhas de Jesus – A Mentira Tem Pernas Curtas

Turminha Florzinhas de Jesus – Disco 4

 

1 – A CURA DOS DEZ LEPROSOS – Kadu e Sarinha resolvem se tornar “professores” da EBD. Reúnem seus amiguinhos em casa e tanto ensinam quanto aprendem com a passagem bíblica da cura dos dez leprosos.

download

2 – A MENTIRA TEM PERNAS CURTAS – Em uma hilariante historinha, Kadu fica cuidando do coelhinho de Sarinha. Todavia, o cachorro de Kadu, o Bolinha, aparece com o coelhinho morto, todo sujo de sangue e areia, puxando-o pelas orelhas. Kadu e Nando se apavoram, temendo a reação de Sarinha… E o que será que acontece quando Sarinha retorna da viagem?

 download3 – DOMINGO TEM CULTO INFANTIL – Participação especial do Pr. Ranieri Carlos Luz, da Igreja Evangélica Batista de Patos(PB). Uma das mais hilariantes historinhas da coleção. As crianças se preparam para realizar um culto infantil. E Nando vai ser o pregador. Vaidoso, não quer aceitar orientação de ninguém. E aprende uma tremenda lição de humildade, após passar por enorme vergonha.

download



Florzinhas - Acã

Florzinhas De Jesus – Acã e a Capa Babilônica

Florzinhas - Acã

Florzinhas De Jesus – Acã e a Capa Babilônica

Turminha Florzinhas de Jesus – Disco 3

1 – ACÃ E A CAPA BABILÔNICA – Um coleguinha de classe de nossos personagens vai estudar com um por um, em suas casas. O problema é que o colega tem um péssimo hábito: ROUBAR!

Cria situações para ficar só e acaba furtando objetos da Sarinha, Kadu e Nando. Valendo-se da passagem bíblica de Acã e a Capa Babilônica, nossos amiguinhos evangelizam o garoto e…

 download

2 – O GATINHO E O CANARINHO – Participação especial do Pr. José Bonifácio de Sousa, da 3a. Igreja Batista em Patos (PB). Nossos personagens interagem com o Pr. Bonifácio e aprendem uma maravilhosa lição de vida!

 download

3 – O SEMEADOR – Nesta história nossos personagens interagem com Da. Júlia, mãe de Sarinha e acabam aprendendo muito com a parábola do SEMEADOR.

 download

4 – SAI DA CAVERNA – Sarinha está preparando uma guloseima no forno do fogão. Kadu e Nando chegam, vão conversar sobre a passagem bíblica de Elias, que estava com depressão na caverna. Conversa vai, conversa vem… Aprendem sobre a Bíblia… Mas…

E O LANCHE QUE ESTAVA NO FORNO DO FOGÃO?

Valha-me Deus!

download

Florzinhas - A ovelha perdida

Florzinhas De Jesus – A Ovelha Perdida

Florzinhas - A ovelha perdidaFlorzinhas De Jesus – A Ovelha Perdida

Turminha Florzinhas de Jesus – Disco 2

1 – A OVELHA PERDIDA – Nossos personagens vão passar o final de semana no sítio dos pais de Kadu e lamentam por que irão perder a EBD.

Lá, a ovelhinha de Kadu se perde e, em uma ambientação sonora que transporta os ouvintes para a área rural, as crianças aprendem muito com a Parábola da Ovelha Perdida.

download

2 – A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO – História muito engraçada, em que Kadu tem que fazer um caixão de defunto para uma peça na escola. Sarinha se deita no caixão para testar sua resistência, adormece e… assusta o pobre do Nando. Em meio a estas “tribulações”, os personagens discutem e aprendem com a “Ressurreição de Lázaro”.

download

3 – NANDO E O SACO DE CARVÃO – Nando está com muita raiva de um colega da escola. Kadu e Sarinha levam-no para a casa de Sarinha, onde Nando é instado a jogar carvões em uma camisa que está secando no varal. Mexendo com carvão, até o cachorro Bolinha fica sujo… Muito engraçada, a historinha, no fundo, repassa vários conceitos e valores bíblicos, ético e morais.

download

A AULA BÍBLICA

A AULA BÍBLICA

banner_mat_cultMATERIAL DIDÁTICO PARA ORIENTADORES DE CULTOS INFANTISA AULA BÍBLICA

A AULA BÍBLICA

A execução do ensino é uma tarefa de responsabilidade do professor, a ser feita com dedicação e amor. Afinal, você está lidando com pessoas a quem Deus muito ama!

Basicamente, a aula bíblica é composta das seguintes etapas:

1. PREPARAÇÃO DO PROFESSOR

Separe tempo, na semana anterior à classe, para:

– Oração

– Leitura da lição

– Fixação dos objetivos da aula  – síntese do que o aluno aprenderá – Exemplo:

Aula sobre o valor da oração

Síntese do ensino – a oração é importante porque é um recurso que Deus nos dá para nosso crescimento e vitória espiritual.

Aplicação prática: levar o aluno a orar, diariamente.

– Preparação da aula em si (recursos didáticos, interações com os alunos, planejamento da aula) – buscando despertar o interesse do aluno e motivá-lo para a aprendizagem.

2. NA CLASSE:

O professor precisa chegar com antecedência de 15 minutos, para prepara os materiais e ajustar o local (arrumação de cadeiras, ventilação, iluminação, etc.).

Ao entrarem os alunos, postado á porta, cumprimenta-os pelo nome e mostra satisfação em que eles tenham vindo.

Anota os nomes dos presentes e, se houver visitantes, nome e endereço.

A seguir, no horário exato, inicia a aula com uma oração. Então procede com a aula propriamente dita:

1. Leitura Bíblica

É o texto bíblico no qual se baseia a história da lição. A leitura sempre é recomendada, mesmo que depois o professor conte a história posteriormente.

Caso a leitura seja longa, e os alunos de pouca idade, pode-se abreviar ou lê-la de modo dinâmico (exemplo: se há 2 personagens, o professor e um aluno escolhido lêem responsivamente o trecho da fala respectiva a cada personagem).

2. Apresentação do tema ou da história

Pode-se iniciar a aula com perguntas sobre o texto, o com uma explanação direta sobre o mesmo.

Caso a aula seja sobre história bíblica, sugere-se utilizar figuras ou outros recursos para tornar atraente o ensino.

É importante o professor ter em mente que esta não é somente a hora de se contar uma história, mas sim o momento de transmitir ao aluno as verdades divinas.

3. Ponto de Contato – Aplicação da Lição

É o momento de fazer um fechamento do assunto ou da história bíblica, destacando lições que se apliquem ao dia-a-dia e à faixa etária de seus alunos.

Também, você pode aproveitar para avaliar o que aprenderam fazendo perguntas aos seus alunos.

4. Atividades

É hora de usar a revista do Aluno, caso houver. O professor deve dar muita atenção ao aluno nesta fase. É neste momento que ele vai dar o retorno de tudo o que aprendeu e você, professor, poderá avaliar, também, seus procedimentos didáticos e, quem sabe, se for o caso, reestruturá-los.

5. Memorização do Texto

É o momento de os alunos memorizarem o texto áureo. Utilize um suporte visual para essa parte (cartaz ou gravuras).

6. Encerramento

É o último contato em sala e você deve proceder de tal forma que seu aluno perceba sempre uma porta aberta para ele voltar e, de preferência, trazendo visitantes.

Apresentam-se os visitantes e lembram-se dos aniversariantes.

Sempre encerre sua aula com uma oração, dê oportunidade para um aluno fazê-la.

Não se esqueça de despedir os alunos com sorriso e cordialidade, manifestando sincero desejo de revê-los na próxima aula!

Em tempo:

Utilize cartazes, recursos didáticos, exercícios variados, brincadeiras. Faça uso desses recursos e você verá como sua aula ficará movimentada e seus alunos muito mais motivados.

(Texto: Júlio César Zanluca)

                     

teatro de fantoches

COMO FAZER UM FANTOCHE? – 3


teatro de fantoches

   Teatrinho de Fantoches

COMO FAZER UM FANTOCHE? – 3

teatro_montado1

DICA 3:

Primeiro você vai montar a caixa do teatro e depois os personagens que desejar.
Depois de fazer o primeiro, você será capaz de criar muitos outros.

O segredo é sempre aplicar papel higiênico umedecido com cola, colar bem as peças e esperar secar antes de pintar. É preciso também paciência e um pouco de organização, procurando caprichar nos detalhes.

    MATERIAL:

- 2 caixas de sapatos
– Caixas de pasta de dente
– Papel jornal
– Pedaços de pano
-Régua
-Alfinetes
-Espetos de churrasco
– Cola branca
– Tesoura (sem ponta!)
– Pincel
– Bolinhas de isopor
– Tintas (branca e de outras cores)

teatro1
1.Pegue uma caixa vazia de sapato, risque uma margem de 3 cm de cada lado no fundo da caixa e corte ao redor. 
teatro2
2. Retire a parte cortada e guarde o pedaço para ser reaproveitado.
teatro3
 3. Coloque a tampa na caixa para marcar uma nova margem de 3 cm de cada lado, a partir dela, em uma das laterais.
teatro4
 4. Corte ao redor, como na fase anterior. É por esse espaço que você vai depois movimentar os personagens. Cole a tampa na caixa, passando cola nas laterais. Essa tampa vai servir de fundo para o cenário.
teatro5
 5. Pegue a outra caixa e despreze a tampa (se tiver tampa grudada, corte-a fora). Coloque a caixa anterior sobre
esta segunda e risque com lápis pelo espaço já cortado
da primeira, para poder fazer o mesmo corte na segunda caixa.
teatro6
6. Recorte a parte marcada
teatro7
7. A caixa com tampa deve ficar em cima
teatro8
8. Cole uma caixa de pasta de dente na parte superior, onde depois você irá montar o letreiro do teatro.
teatro9
9. Agora vamos empapelar a caixa para dar uniformidade e textura ao trabalho. Corte tiras de jornal e dilua a cola num pires com um pouquinho de água. Vá aplicando as tiras de jornal com o pincel úmido com cola, até envolver toda a peça.
teatro10
10. Agora aplique tinta branca sobre a peça.
teatro11
 11. Enfeite a caixa do teatro como desejar. Você pode
fazer bandeirinhas para serem coladas nos espetos de churrasco. Passe tinta branca antes e depois decore a peça. Em seguida, faça um furinho na caixa, espete o palito e coloque cola para fixá-lo na caixa. Você ainda pode pintar o fundo da caixa que vai servir de cenário e fazer o contorno da abertura do palco
.
teatro12
 12.Pegue as sobras de papelão, risque a palavra teatro e recorte as letras. Passe tinta branca e depois pinte como quiser. Cole o letreiro na lateral da caixinha de pasta de dente.
teatro13
13. Para incrementar, corte duas tiras de tecido, dobre-as ao meio e coloque-as nas laterais internas da primeira caixa, para servir de cortina do palco.
teatro14
 14. Prenda no meio com um alfinete. Agora o teatro já está pronto!
*************
personagens
Vamos fazer um personagem?
teatro15
15. Pegue uma caixa de pasta de dente, aperte as laterais no centro da peça e corte-a ao meio.
teatro16
 16. Cada parte serve para fazer o corpo de um personagem.
teatro17
17. Faça um furinho com o espeto na tampa.
teatro18
18. Faça dois cortes, um de cada lado para depois encaixar os bracinhos.
teatro19
19. Pegue uma bolinha de isopor e espete-a num palito de churrasco. Transpasse o palito na caixinha, deixando a parte da bolinha do lado aberto.
teatro20
    20. Pegue agora o palito de sorvete (se não tiver, use uma tira estreita e firme de papelão) e transpasse na lateral da caixa para formar os braços, aproveitando o corte que já foi feito.
teatro21
 21. Cole tudo para fixar o espeto e o palito de sorvete na caixinha para formar o corpo do boneco.
teatro22
22. Agora você pode criar cada personagem do jeito que desejar. Faça bolinhas de papel higiênico, umedecido com cola, e vá encaixando-as no rosto do boneco para fazer orelhas e nariz. Uma minhoquinha bem fina de papel, por exemplo, pode ser usada para fazer o contorno da boca. Metade de uma bolinha de isopor serve para fazer um barrigão.
teatro23
23. Depois de colar bem todas as partes do corpo, cole tiras de papel higiênico na peça. O papel se mistura com a cola bem diluída em água e cria uma textura legal, para depois ser pintada.
teatro24
 24. Nesta fase você pode criar acessórios para os personagens. Com um rolinho vazio de papel higiênico, dá para fazer uma coroa para o rei. Use como molde a medida de uma tampa de refrigerante.
teatro25
 25. Cole as laterais, tire a tampa, marque um ziguezague com lápis e corte.
teatro26
26. Encape com papel higiênico umedecido com cola para dar acabamento.
teatro27
 27.Cole fios de lã na cabeça para formar o cabelo e depois cole a coroa ou um chapéu. Se preferir, deixe-o careca.
E enrolando arame fininho num lápis, você forma um óculos.
teatro28
 28. Uma tira de tecido, bem umedecida com cola, por exemplo, pode ser torcida para fazer o manto do rei e da rainha.
teatro29
29. O mesmo procedimento serve para você fazer quantos personagens desejar. Use e abuse da criatividade e
invente até personagens fantasiosos, como um dragão.
teatro_montado2
Depois de tudo pronto, apoie o teatro
numa mesa, e manipule os personagens por dentro da caixa de baixo, a que não tem tampa.
Pronto! É só começar a trabalhar com a criançada nos cultinhos de sua igreja!

Você pode inventar seus
personagens, usando nossa
sugestão ABAIXO:

modelos_fantoches

teatro de fantoches

COMO FAZER UM FANTOCHE? – 2

teatro de fantochesCOMO FAZER UM FANTOCHE? – 2

DICA 2:

     Os fantoches são bem práticos. Eles podem ser feitos com materiais baratos e simples. O palco pode ser leve e fácil de transportar. Uma pessoa pode atuar como vários personagens na mesma estória. Há muitas possibilidades em teatro de fantoches. A melhor parte é que enquanto elas estão aprendendo, a audiência está se divertindo!

     Apresentamos, abaixo, e na página seguiinte,  mais algumas idéias sobre como fazer fantoches para e contar estórias.

Fabrico de fantoches de mão

       Faça primeiro um molde de jornal. Use sua mão como um guia para medir os tamanhos mas deixe bastante espaço para que sua mão se movimente dentro do fantoche. Corte e costure dois pedaços de tecido. Se você estiver usando uma cabaça, você pode colocar a cabeça diretamente sobre o corpo. Caso contrário, faça um tubo pequeno de papelão para ajudar a prender a cabeça junto ao corpo. Caso contrário, faça um tubo pequeno de papelão para ajudar a prender a cabeça junto ao corpo.

 Puppet2 Puppet1

       Você pode adicionar as mãos, se quiser (veja abaixo). Faça um tubo pequeno de cartolina. Cole um dos lados e corte pelo formato de uma mão.

Como fazer a cabeça

       Use um pequeno balão, uma cabaça (corte a extremidade) ou grama prensada para conseguir o formato da cabeça. Faça uma pasta de farinha e água ou use cola de papel. Corte tiras de papel de jornal, passe na pasta e faça o formato da cabeça com várias tiras de papel. Deixe secar e então pinte a cabeça. Faça o cabelo de fios de lã, palha ou pele.

 Puppet3

Fantoches de cabos de vassoura

       Faça a cabeça da mesma maneira. Fantoches de cabos de madeira podem ser bem maiores do que fantoches de mão. O corpo é feito de dois pedaços de madeira bem presos. Faça os braços de pedaços finos de bambu, tubos de papelão ou jornal enrolado e ligue-os com barbante. Você pode usar também um tubo de pano, costurado no cotovelo. Encha os ombros com espuma, grama seca ou panos velhos. Prenda a cabeça firmemente. Faça roupas para bonecos.

       Ao representar, pode ser útil prender um pedaço de madeira atrás do palco. Você poderá então prender o boneco com uma presilha ou colocar a extremidade do cabo de vassoura dentro de orifícios feitos previamente para quando o boneco não estiver se movimentando. Assim as suas duas mãos ficam livres para movimentar as mãos do boneco.

 Puppet4

Como construir o palco

       O palco mais simples é aquele feito apenas com um pedaço de pano preso às cadeiras, árvores ou móveis para esconder os animadores de fantoches. Palcos portáteis de madeira podem ser construídos. Guarde os fantoches em uma caixa ou mala forte para protegê-los.Puppet5

 

Informações de Cathy Stubington, DCFRN e David Hilton, Visão Mundial, Austrália.


teatro de fantoches

COMO FAZER UM FANTOCHE? – 1

teatro de fantochesENCENAÇÕES COM FANTOCHES

     Para a fixação de verdades bíblicas para crianças, você pode usar um dom natural que Deus deu a todos nós: a criatividade. Uma ideia bem simples é encenar fantoches – as crianças gostam muito!

     Obviamente que tais estórias não substituem o ensino bíblico direto, sendo um recurso visual para reforçar a ideia explanada na lição principal, além de descontrair, brincando.

     Fantoches são bonecos feitos de pano ou papelão, que ganham vida com voz e ação.

     Criatividade e simplicidade na estória são os meios para obter sucesso com este recurso.

COMO FAZER UM FANTOCHE?

Vamos ver, primeiro, como fazer um fantoche bem simples…

(Primeira dica… tem mais em outros links abaixo)

É Preciso:

  • Trapos velhos: panos, bocados de tecido, etc. (Pedaços de tecido diferentes, de várias cores e tamanhos)
  • Um pau com cerca de 20 cm e da grossura de um dedo
  •  encena1

  • Cola  encena3

  • Marcadores: preto e de outras cores encena4

  • Cordel (ou um elástico forte)  encena2

  • Tesoura (usa com cuidado)  

    encena6

  • Lã (para fazer de cabelo)encena5

    Como fazer:  

    1 – Enrola vários pedaços de trapos velhos na ponta do pau, de modo a obteres uma cabeça, bem redonda.

    fantoche_passo1 fantoche_passo2

    2 – Usa um trapo branco (ou de um tom claro) para embrulhares tudo e amarra com força o remate à volta do pau. Podes usar o cordel ou o elástico.

    fantoche_passo3 fantoche_passo4

    3 – Escolhe um pano para ser o “vestido” do boneco. Coloca-o à volta do “pescoço”, mas vira-o para cima. Prende-o com o fio, por dentro. Assim, ao virares de novo o tecido para baixo fica sem se ver o fio.
    4 – Decide se queres “mais roupa” ou se é preciso “decorar” a que escolheste: pôr um “xale”, ou uma “gravata”, um ou mais botões, etc. Cola ou amarra, como já explicamos.

     fantoche_passo5 fantoche_passo6

    5 – Trata de colar o “cabelo” (lã) ou pôr um lenço, um chapéu, etc.

    6 – Com os marcadores, desenha a boca, os olhos e o resto do que for preciso no rosto.

  • Ficou ou não ficou muito divertido? Faz mais alguns fantoches e faça as crianças brincar de  teatrinho!

    Se quiser, temos mais dicas para fazer fantoches mais produzidos:

 

teatro de fantoches

Teatrinho de Fantoches

teatro de fantochesTeatrinho de Fantoches

 

Apostila para Teatro de Bonecos

TEXTOS PARA ENCENAÇÕES COM FANTOCHES

     Seguem algumas estórias bem simples e rápidas. Adapte-os segundo a conveniência!

 Encenações com Fantoches 

1 – A Vida Eterna – Confiar em Deus – Céu e Inferno – A Boa Semente 

2 – Orgulho (Torre de Babel) – Discórdias – Os Mandamentos

3 – Natal –  Páscoa – Dias da Mães – Dia da Criança

4 – Outras – Vários Temas Bíblicos

5 – Teatro de fantoches para Páscoa

6 – Fred e Lilica

7 – A Arca de Noé

8 – A Beleza da Criação

 

 

autoavaliação

AUTO-AVALIAÇÃO NO ENSINO DA EBD

banner_mat_cultAUTO-AVALIAÇÃO NO ENSINO DA EBD

autoavaliação

RESULTADOS

 

          Cada resposta “SIM”, vale 1 ponto, “NÃO”, zero ponto.

          Se você conseguiu:

 – 19 a 21 pontos - Parabéns! Continue esmerando-se no ensino e sendo um modelo para seus alunos e demais colegas de ministério.

 – 16 a 18 pontos – Você é um bom professor, mas precisa aperfeiçoamento. Não desanime!

 – 13 a 15 pontos – Você precisa reanimar-se no ensino. Verifique os pontos falhos e decida melhorar rapidamente!

 – Menos de 13 pontos – Examine-se diante do Senhor. Você tem que aprender, não ensinar. Decida o que você quer…

5-Programação-EBD

COMO PREPARAR UMA BOA AULA PARA CRIANÇAS NA EBD?

banner_mat_cultEnsina a criança no caminho em que deve andar e ainda quando for velho não se desviará dele”- Provérbios 22.6″

COMO PREPARAR UMA BOA AULA PARA CRIANÇAS NA EBD?

A resposta é: ame-as, e você estará apto a ser um bom mestre!

Se você tem amor pelas crianças, saberá usar sua criatividade, e realizar atividades condizentes com a idade delas.

Procure sempre ser alegre nas aulas e tratar a elas com carinho, respeito e consideração. Elas vão retribuir!

Faça o teste aqui linkado, para você se auto-avaliar como orientador de classe infantil!

Utilize recursos didáticos:

  1. Coros relacionados com o ensino bíblico, de forma a fixar a lição.
  2. Atividades simples (como dobraduras, pintura, pequenos exercícios) – você obtém algumas gravuras e atividades aqui mesmo….
  3. Ensine oração para as crianças (você fala, elas repetem).
  4. Cartazes e outros recursos visuais (veja a seção de fantoches).
  5. Memorização do versículo bíblico. 

Quanto ao que ensinar – ensine a Bíblia!

Não somos contra contar estórias para crianças na EBD (especialmente os pequeninos – abaixo de 5 anos), mas o ideal é relatar e ensinar sempre assuntos diretamente relacionados à história bíblica!

Comece ensinando Gênesis (a criação, a queda, etc.), seguindo uma seqüência lógica. Em datas especiais (Natal, Páscoa, etc.) ensine a relação do evento com a Bíblia.

Essas sugestões foram tiradas do livro “Socorro sou professor de Escola Dominical”.

socorro_professor_escola_dominical_mComo identificar o conteúdo de uma lição:

1.       Qual o principal ensinamento da lição a ser estudada?
2.       Quais são as principais informações a serem transmitidas e que reação tem com o ensinamento principal?
3.       Qual a relação com a lição da semana anterior?

Definir o conteúdo: em primário e secundário.

Estratégica didática.

1.       Qual a melhor maneira de introduzir esta aula?
2.       Como posso interpretar de maneira interessante e atraente este texto com a classe.
3.       Que tipo de aplicação seria mais eficaz para esta aula?
4.       Como concluir com eficácia minha aula?

Estudando um Assunto da bíblia

1.       Delimite a abrangência do estudo.
2.       Descubra as passagens pertinentes.
3.       Entenda o contexto da passagem.
4.       Anote observações e aplicações.
5.       Organize seu estudo.
6.       Identifique informações novas.

Os passos para um preparo bíblico eficaz:

1.       Ler varias vezes o texto.
2.       Usar material de consulta.
3.       Fazer perguntas ao texto.
4.       Fazer um esboço detalhado do texto.
5.       Alistar as lições mais importantes.

Uma dica preciosa: não se preocupe em ensinar demais, fatos, números, detalhes, etc. Ensine objetivamente, uma coisa de cada vez, reforçando o tema.

Ore, pedindo sabedoria no ensino. Ame seus alunos, crie um ambiente propício para o aprendizado na classe e você será um (a) bom  (a) professor (a)!

autoavaliação

TESTE PARA LÍDERES E ORIENTADORES DE ESCOLAS BÍBLICAS E CULTOS COM CRIANÇAS

banner_mat_cultTESTE PARA LÍDERES E ORIENTADORES

DE ESCOLAS BÍBLICAS E CULTOS COM CRIANÇAS

autoavaliação

Responda com todo seu coração e sinceridade e caso seja necessário reflita sobre o trabalho que você tem desenvolvido. Sempre há tempo para mudar.

euquero

Relaxe e responda: 

Pergunta Sim Não
Ama seus alunos, demonstrando por eles interesse e dedicação?
Prepara com antecedência a lição, concentrando-se no objetivo da mesma?
Tem uma vida cristã exemplar, de modo que você gostaria que seus alunos fossem como você?
Conhece seus alunos pelo nome?
Incentiva seus alunos a convidarem colegas para aula?
Tem procurado levar seus alunos a conhecerem Cristo como único e suficiente Senhor e Salvador?
Lê livros, artigos e periódicos sobre pedagogia e educação cristã e outros que venham a enriquecer a aula?
Procura incentivar a aplicação prática dos ensinos bíblicos na vida de seus alunos?
Você procura responder a todas perguntas de seus alunos, motivando-os a refletirem sobre o que aprenderam?
Quando não está doente, não deixa de lecionar, é pontual na EBD/Cultinho, para dar exemplo e poder recepcionar os seus alunos?
Tem incentivado seus alunos para participarem nos trabalhos na igreja?
Você ora regularmente pelos alunos de sua classe?
Você utiliza recursos didáticos variados durante a lição (cartazes, dinâmicas de grupo, etc.)?
Faz análise do seu desempenho como professor, notando a reação dos alunos na classe e procurando corrigir falhas que você porventura tenha cometido?
Aceita sugestões de outros professores sobre aperfeiçoamentos no ensino, sem ressentir-se com eles?
Cuida de sua saúde espiritual, orando regularmente, lendo a Bíblia, buscando ser cheio do Espírito Santo, e servindo com amor ao Senhor?
Sabe controlar um aluno agitado, sem ofendê-lo ou gritar com ele?
Cuida de sua aparência física e higiene e da sua apresentação (vestimentas), para que em nada escandalize algum aluno ou demonstre relaxamento pessoal?
Visita seus alunos, ou procura conhecê-los pessoalmente?
Caso um dos alunos faltar por 2 aulas seguidas, lhe telefona para saber o motivo?
Tem procurado trabalhar em harmonia com os demais professores e dirigentes da Escola Dominical/Cultinhos?

SOME AS RESPOSTAS

Cada resposta “SIM”, vale 1 ponto, “NÃO”, zero ponto.

Agora, veja o resultado da avaliação.

 

Florzinhas - A careca de Elizeu

Florzinhas De Jesus – A Confiança em Deus

Florzinhas - A careca de ElizeuFlorzinhas De Jesus – A Confiança em Deus

Turminha Florzinhas de Jesus – Disco 1

1 – A Careca do Eliseu – Amanda, prima de Sarinha, precisa ir ao dentista. Em meio ao “sofrimento” na cadeira do dentista, resolve debochar dele, por ser calvo. Sarinha e Kadu lembram-se da passagem de Eliseu, na Bíblia, que também era calvo. Nossos personagens aproveitam, então, para evangelizar Amanda, em meio a muita descontração e situações alegres…

download

2 – A Confiança em Deus – Kadu e Sarinha estão regressando de férias, em uma viagem aérea. Em meio a viagem, o avião enfrenta uma tempestade e a confiança em Deus de nossos personagens é colocada à prova. Ao chegarem em sua cidade, encontram Nando e extraem muitas lições, em conjunto, dos momentos difíceis que passaram. Tudo, é claro, mesclado com momentos hilários…

download

3 – Fogo no Altar – Nando é convidado por Kadu e Sarinha para conhecer a igreja deles e vai, participar de um culto. Na igreja, fica aterrorizado ao ouvir falar tanto em “fogo”. Daí, resolve chamar OS BOMBEIROS!

download