ILUMINANDO O LOCAL


ilumin5

Robert Moffat 

ILUMINANDO O LOCAL

    Anos atrás, quando Robert Moffat estava na África, viajou para uma localidade bem distante no interior. Certo dia ele chegou junto a uma árvore onde havia uma tábua fixada. Nela estava escrito que havia uma escola cristã em uma aldeia próxima. Bastante surpreso por acreditar ser o primeiro homem branco naquela parte da África, dirigiu-se à aldeia.

   Aproximando-se do local, encontrou uma pequena menina de cerca de doze anos de idade, a quem disse: “Eu vi uma tábua em uma árvore onde pude ler que havia uma escola cristã aqui nesta aldeia. Poderia me levar até o professor?” A menina abaixou a lustrosa cabeça sem responder. “Você conhece o professor?” perguntou ele. Ela acenou que sim com a cabeça.”Bem, quem é o professor?” insistiu ele. Levantando então a cabeça, timidamente, ela respondeu: “Eu sou a professora”.

   Moffat descobriu que a pequena menina tinha sido levada, certa vez, para uma tribo distante, onde ela ouviu um missionário falar às pessoas sobre o amor de Jesus e havia se tornado, a partir daquele momento, a primeira missionária para sua tribo. O que leva uma pessoa, mesmo uma pequena menina, a querer falar de Cristo para aqueles que estão ao redor? Certamente que a resposta é a alegria experimentada quando o Senhor entra em seu coração. Nada pode motivar mais o interesse em proclamar o Evangelho de Cristo do que a mudança realizada na vida daqueles que recebem o Seu perdão e a salvação eterna. Quem poderia desfrutar do amor de Jesus sem compartilhá-lo com os amigos? Quem poderia receber tão grande perdão — o dos pecados — sem querer também perdoar aqueles que lhe ofenderam? Quem poderia ter uma vida abundante com o Senhor sem desejar ardentemente que todos a tenham também? O lugar onde vive um verdadeiro filho de Deus sempre estará iluminado para todos que dele se aproximam.

Autor Desconhecido 

“Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus” (Mateus 5:16).

Deixe uma resposta