Arquivo de etiquetas: A Fonte de Consolação

A Fonte de Consolação

a fonte de consolaçãoA Fonte de Consolação

   Onde achar consolação na tristeza? A resposta é: No Senhor Jesus Cristo! Ele é o Príncipe dos sofredores, e é por isso o supremo Consolador. A Bíblia diz: que Ele “como nós em tudo foi tentado, mas sem pecado”. Hebreus 4:15

Coloquemos nossas preocupações de lado e reflitamos por alguns momentos, no que Cristo é para nós, nas tristezas da vida:

* Em primeiro lugar, consideremos a tristeza que nos advém quando perdemos alguma coisa, quando os negócios fracassam, quando perdemos nossas propriedades, ou o conforto a que sempre estivemos costumados.

É aí que as palavras de Cristo assumem sentido especial: “Olhai e guardai-vos da avareza, porque a vida de um homem não consiste na abundância das coisas que possui.” Lucas 12:15

Quando sofremos perdas materiais, podemos estar certos de que Deus sabe o que se passa conosco; e que, se confiarmos n’Ele, algum dia e de alguma maneira o bem nos advirá, e a vida sorrirá de novo.

“Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.” Romanos 8.28

* Cristo é o nosso Consolador quando perdemos a saúde. Muitos há que necessitam de ânimo na doença. Alguns necessitam de ânimo mais que qualquer outra coisa. A Escritura diz: “O coração alegre é bom remédio.” Provérbios 17:22

Podemos ir a Cristo e obter auxílio na doença , pois Ele é o grande Médico. Enquanto esteve aqui na terra, Jesus aparentemente gastou mais tempo curando os doentes do que pregando a Sua doutrina.

Alguns, Ele curou com uma palavra, outros com um toque, outros foram instruídos a usar certos meios que proviam a cura. Alguns foram curados instantaneamente, outros começaram a melhorar imediatamente.

Cristo andou pôr toda parte fazendo o bem e curando os doentes, cumprindo assim a profecia de que Ele tomaria sobre Si as enfermidades do homem e carregaria com suas doenças. (Mateus 8:17)

Ao vir pois a doença, coloquemo-nos nas mãos de Jesus, pela oração, busquemos Sua ajuda, Sua cura.

Devemos também fazer o que podemos para observar as leis de saúde, pois o nosso corpo é o templo do Espírito Santo. (I Coríntios 6:19).

Devemos abandonar os hábitos que nos prejudiquem fisicamente como: o álcool, o fumo, e alimentos gordurosos.

Não é negar a fé, buscar a ajuda de um bom profissional quando doentes, mas, necessitamos lembrar que toda a verdadeira cura vem de Deus.

* Cristo é nossa consolação na tristeza decorrente da falta de paz e segurança no mundo.  Muitos olham a guerra, os perigos do submundo do crime, a violência nas grandes cidades, e perdem a esperança, perdem a coragem.

Milhares se preocupam a ponto de adoecerem: Lucas 21:26 “Desfalecendo os homens de medo pela expectação das coisas que sobrevêm ao mundo:”

O que crê nas Escrituras, vê nas presentes condições do mundo sinais da breve volta de Jesus. Há conforto para ele nas palavras do Senhor: “Quando, porém, estas coisas começarem a acontecer, exultai e levantai as vossas cabeças; porque a vossa redenção se aproxima.” Lucas 21:28

Não importa o que venha, se a guerra, se a fome,  se a perda de todas a coisas, até da própria vida, estamos nas mãos de Deus. Nenhum verdadeiro mal nos poderá sobrevir se estivermos nas mãos do Senhor..

* Cristo é o conforto para os que sentem tristeza pelo pecado. Muitos que caem em tentação e pecado descobrem depois que são olhados com desprezo pelos seus amigos.

Isto os desanima e os leva a pensar que não poderão mais ser felizes. Mas, Cristo, tem consolação para todos os que se acham aflitos pelos pecados passados.

A Bíblia nos diz: “Ele não veio para chamar os  justos, mas os pecadores, ao arrependimento.” Mateus 9:13. E “se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e para nos purificar de toda a injustiça.” I João 1:9

Se nossos pecados estão perdoados, e eles estão, se na verdade os confessamos, não devemos nos preocupar com eles. Os pecados que confessamos acham-se sob o sangue, na cruz do Calvário, tão longe de nós quanto as trevas estão longe do sol.

* Outra ocasião em que necessitamos do conforto de Cristo é quando perdemos nossos entes queridos e uma grande ferida se forma em nosso coração. Essa tremenda dor vem, em algum tempo, a cada família.

Quando isso acontece, nos oprime, sentimos saudade do toque de uma mão que desapareceu, de uma voz que está em silêncio. É quando somos despojados dos entes queridos que a consolação de Cristo significa para nós mais do que tudo o que existe no mundo.

Cristo compreende as nossas tristezas. E nos dá a promessa: “Como quem recebe de sua mãe conforto, assim Eu vos confortarei.” Isaías 66:13

Querido ouvinte, se ao longo da estrada da vida, você foi assaltado pela adversidade ou sofreu uma grande perda, não desanime, não olhe para trás, olhe para o futuro, ao lar eterno, que Jesus quer dar a você e a mim também.

Desse maravilhoso lar que está escrito: I Coríntios 2:9 – “Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam”.

Creia, é nesse Lar de Glória que encontraremos a total felicidade, que será viver para sempre ao lado dos nossos entes queridos, sem medo, sem problemas financeiros e acima de tudo a maior felicidade que será ver Cristo sempre ao nosso lado.

Queridos irmãos ouvintes: neste mundo temos muitas lutas. Mas Jesus prometeu estar conosco aqui nos ajudando. Eu sei que Ele está agora bem do Seu lado. Mas um dia Ele virá e nos levará para o Lar Eterno, onde não haverá mais tristezas.

“O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pelo amanhecer”.