Arquivo de etiquetas: pastor

O Pastor do Salmo e o Salmo do Pastor

O Pastor Do Salmo E O Salmo Do Pastor

O Pastor do Salmo e o Salmo do PastorO Pastor Do Salmo E O Salmo Do Pastor

Linda mensagem no Salmo 23…download sermoes

pastor-marco-antonio-rodriguez

Árbitro que apitou partida entre Brasil e Alemanha na semifinal da Copa do Mundo é pastor e diz que já ouviu a voz de Deus

pastor-marco-antonio-rodriguez

Árbitro que apitou partida entre Brasil e Alemanha na semifinal da Copa do Mundo é pastor e diz que já ouviu a voz de Deus

O árbitro que apitou a partida entre Brasil e Alemanha pela semifinal da Copa do Mundo é pastor de uma igreja no México, e sua atividade fora dos gramados ganhou destaque após a escalação para o jogo.

Marco Antonio Rodriguez é conhecido por ser um árbitro rígido, que não economiza cartões amarelos e vermelhos, mas em seu país, também é conhecido por ser líder de uma igreja na cidade de Milpa Alta, na região metropolitana da Cidade do México, e por recusar um apelido que classifica como “demoníaco”.

Os torcedores mexicanos o apelidaram de “Chiquidrácula” (Minidrácula), graças a sua semelhança física com um personagem de uma antiga novela. O pastor e árbitro não gosta por entender que sua atividade de fé não combina com a brincadeira, segundo informações do Uol.

Em seu testemunho, o pastor deixa claro que teve a vida transformada ao se converter ao Evangelho: “Estou muito feliz de estar aqui hoje. Poderíamos falar sobre porque não dei um pênalti para o Toluca ou porque expulsei Cuauhtémoc Blanco, mas hoje quero contar a vocês como Deus mudou a minha vida”, diz Rodriguez.

A aproximação de Deus aconteceu na véspera de uma partida que apitaria no Qatar em 2003: “Ouvi claríssimo, pela primeira vez: ‘Para agora! Porque vai acontecer uma tragédia em sua família’”. Obediente, ajoelhou e orou por um longo período, até que sentiu uma “paz” no coração.

No dia seguinte, foi informado por sua esposa que sua irmã esteve perto de morrer. Convicto de que a oração havia poupado a vida da irmã, o árbitro passou a dedicar-se mais à fé: “A partir daí, comecei a sentir um desejo ardente de me tornar íntimo de Jesus Cristo”.

O pastor conta que os milagres divinos começaram em sua vida quando sua esposa, classificada pelos médicos como infértil, deu à luz a primogênita do casal, Abigail. Um segundo milagre ligado à família aconteceu na gestação do segundo filho, Shalom, quando um problema no útero forçou os médicos a dizerem que era necessário uma cirurgia para salvar a mãe, mas matar o bebê. “Deus vai nos mostrar algo, Deus vai nos mostrar algo”, disse Rodriguez aos médicos, antes de recusar a cirurgia, mesmo com todos os riscos. “O médico disse que eu estava louco, mas eu acreditava no Senhor”, lembra o juiz, que viu seu filho nascer sem problemas cinco meses depois: “A minha relação com Deus é pessoal”, argumentou.

Marcado nesta Copa do Mundo por ter sido o juiz que não viu o atacante uruguaio Luiz Suárez morder um adversário durante o jogo contra a Itália, Rodriguez pretende passar despercebido na partida de hoje, e voltar à sua rotina de pregador do Evangelho.

Fonte: Gospel+

silas-malafaia-usifrui-dinheiro

Pastor Silas Malafaia causa polêmica ao afirmar que usufrui do melhor que seu dinheiro permite

silas-malafaia-usifrui-dinheiroPastor Silas Malafaia causa polêmica ao afirmar que usufrui do melhor que seu dinheiro permite

Uma pregação do pastor Silas Malafaia, líder da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo tem causado polêmica e levantado uma série de questionamentos sobre o religioso devido à sua afirmação de que usufrui do melhor que sua posição financeira lhe permite.

A pregação aconteceu durante a Escola de Líderes Associação Vitória em Cristo e foi exibida no programa Vitória em Cristo. Em sua pregação, o pastor instrui os fiéis sobre o caminho “até chegar ao lugar da vitória”.

Ao longo do seu discurso, Malafaia falou sobre seus bens pessoais, e citou um anel de R$ 4 mil dólares que usa, além de seu Mercedes-Benz blindado, que custa cerca de R$ 450 mil. De acordo com o pastor, o carro foi blindado da Alemanha, e ele o teria ganhado de um parceiro de ministério.

- Você quer saber o valor do meu anel? Quatro mil dólares. Com meu dinheiro. (…) Tá vendo o Mercedes e500, blindado na Alemanha? Foi um parceiro meu que me deu de presente de aniversário – afirmou o pastor durante a pregação.

Silas Malafaia falou também a respeito da forma que usa seu dinheiro, e afirmou não se importar com a opinião das pessoas que o estavam assistindo a respeito de seu estilo de vida.

- Hoje eu levo minha família toda (a hotéis quatro estrelas) e não tô nem aí. Não tô roubando. Não tô nem aí pra você, ô mané, que tá me assistindo – afirmou o pastor em um momento da pregação.

- Eu não vou deixar de usufruir do lugar de vitória porque eu sei o preço que eu paguei e que eu tenho pago – completou Malafaia.

No ano passado, Malafaia, que afirma ter um patrimônio de R$ 6 milhões, esteve envolvido em um escândalo motivado por uma publicação da revista Forbes, que o listou entre os pastores evangélicos mais ricos do Brasil. Depois de citado pela publicação, o pastor afirmou que iria processar a revista e “tomar dinheiro deles sem pena”.

Fonte: Gospel+

Assista à pregação na íntegra:

Pastor é assassinado com 10 tiros na frente da sua família após ministrar culto


pastor-adao-morto-dentro-de-casa-apos-o-culto-no-para

Na última quarta feira o pastor Adão Gonçalves da Igreja Pentecostal Semear do Senhor em Eldorado dos Carajás, no Pará, foi assassinado com mais de 10 tiros dentro de sua casa, após ministrar um culto em sua igreja.

O crime aconteceu por volta das 22 horas, quando o pastor havia chegado da igreja, após ministrar o último culto naquela noite, e se preparava par tomar banho. Segundo o Diário do Pará, dois homens arrombaram a porta da sua cozinha e ao perceber a ação dos criminosos o pastor tentou fugir. Porém, ele foi alvejado pelas costas e, já caído no chão, os bandidos dispararam mais tiros contra seu corpo. O pastor Adão, como era conhecido entre amigos e fiéis de sua igreja, morreu no local.

De acordo com a polícia, a esposa e o filho mais novo do pastor, de apenas 13 anos, presenciaram o assassinato. Segundo a Polícia Militar eles agora estão ajudando nas investigações e nas buscas dos suspeitos, pois viram os rostos dos bandidos

O cabo Severo, da Polícia Militar, afirma que as suspeitas são de que o assassinato tenha a ver com o envolvimento dos dois filhos mais velhos do pastor com o mundo do crime. As informações divulgadas pela polícia são de que há cerca de quarto meses os filhos mais velhos do pastor, de 18 e 20 anos, sofreram uma emboscada que terminou na morte de um deles e deixou o outro ferido.

A polícia suspeita que o pastor foi assassinado pelos mesmos bandidos que mataram seu filho.
Fonte: Gospel+

Pastor acusado de abusar sexualmente de menino de 12 anos fecha igreja e desaparece; Polícia investiga o caso


abuso-sexual-de-menoresPastor acusado de abusar sexualmente de menino de 12 anos fecha igreja e desaparece; Polícia investiga o caso

Um pastor acusado de abusar sexualmente de um menino após uma oração, fechou a congregação que dirigia e fugiu da cidade de Três Lagoas (MS).

Gerson, conhecido como pastor Baianinho, fechou o templo localizado no bairro Vila Verde após a Polícia Civil instaurar um inquérito para apurar as denúncias feitas contra ele.

“Estamos ouvindo testemunhas, fieis e outras pessoas. Por enquanto, posso falar que esse pastor sumiu, abandonou a igreja e não foi localizado”, disse o delegado Alessandro Rogério de Mendonça Capobianco.

O responsável pelo inquérito diz que as investigações correm em segredo de Justiça para preservar a integridade da vítima, um menino de 12 anos de idade.

Segundo informações de veículos de informação da região, o pastor é baiano e abriu a igreja na cidade de Três Lagoas recentemente, no início deste ano.

A criança afirmou à Polícia que foi ensaiar na igreja e o pastor o convidou para orar. Ao final da prece, disse que ele precisava ser ungido, pois Baianinho não teria gostado da oração que ele tinha feito. “Eu não gosto de fazer oração desse jeito, mas vou ter que fazer”, teria dito o pastor ao menino, antes de abaixar sua calça.

Pastor que usava cobras durante suas pregações morre após ser mordido e recusar atendimento médico


cobrasUm pastor pentecostal conhecido por usar cobras durante os cultos que ministrava morreu no último sábado, após ser mordido por uma das serpentes que usava durante as celebrações.

Jamie Coots era conhecido nos Estados Unidos por estrelar o reality show Snake Salvation (em tradução livre, “Salvação na cobra”) no canal National Geographic.

De acordo com informações do Hollywood Reporter, após ser mordido durante um culto na tarde de sábado, Coots recusou atendimento do serviço de emergência médica de Middlesboro, cidade onde vivia, em Kentucky. A recusa se deu porque ele já havia sido picado anteriormente. Sem atendimento, o pastor faleceu em consequência do envenenamento.

No reality show Snake Salvation, Coots realizava rituais com as cobras. Essa é uma prática que vem se tornando comum entre algumas denominações pentecostais norte-americanas. Em maio de 2012, o pastor Mack Wolford morreu aos 44 anos após uma das serpentes que ele usava durante o culto mordê-lo e ele recusar atendimento médico.

O canal National Geographic emitiu um comunicado lamentando a morte do pastor Jamie Coots: “Acompanhando o pastor Coots para a série ‘Snake Salvation’, éramos constantemente surpreendidos por suas convicções religiosas apesar dos perigos à saúde e legal que ele enfrentava […] Esses riscos sempre valeram à pena para ele e seus seguidores como meio de demonstrar sua fé inabalável […] Ficamos honrados em ser autorizados a ter esse acesso único ao pastor e sua a congregação durante as gravações e de pôr em contexto seu método de trabalho. Nossos pensamentos estão com sua família nesse período difícil”.

Fonte: Gospel+

O SENHOR É MEU PASTOR, NADA ME FALTARÁ

o Senhor é o meu pastorO  SENHOR  É  MEU  PASTOR,  NADA  ME  FALTARÁ

Não me faltará descanso: “Ele me faz repousar em pastos verdejantes.”

Não me faltará bebida: “Guia-me mansamente a águas tranqüilas.”

Não me faltará perdão: “Refrigera-me a alma.”

Não me faltará direção: “Guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome.”

Não me faltará alimento: “Preparas-me uma mesa a presença  de meus adversários.”

Não me faltará alegria: “Unges-me a cabeça com óleo.”

Não me faltará coisa alguma: “Meu cálice transbordará.”

Não me faltará coisa alguma nesta vida: “Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida.”

Não me faltará coisa alguma na eternidade: “E habitarei na Casa do Senhor para todo o sempre.”

“EU SOU O BOM PASTOR”

Não te faltará descanso – ” Vinde a Mim todos os que andais em trabalho e vos achais carregados e eu vos aliviarei.”

Não te faltará bebida – “Se alguém tem sede, venha a Mim e beba.”

Não te faltará perdão – “O Filho do Homem tem na terra poder de perdoar pecados.”

Não te faltará direção – “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida.”

Não te faltará companhia – “Eis que estou convosco todos os dias.”

Não te faltará consolação – “O Pai vos dará outro Consolador.”

Não te faltará alimento – “Eu sou o Pão da Vida, o que vem a Mim não terá jamais fome.”

Não te faltará gozo – “Para que Meu gozo fique em vós e o vosso gozo seja completo.”

Não te faltará coisa alguma – “Para que tudo quanto vós pedirdes a meu Pai em meu nome, Ele vo-lo conceda.”

Não te faltará coisa alguma nesta vida. – “Buscai primeiramente o Reino de Deus e a Sua justiça e todas estas coisas vos serão acrescentadas.”

Não te faltará coisa alguma na eternidade – “Vou preparar-vos o lugar, para que onde Eu estou estejais vós também.”

VOCÊ É OBEDIENTE AO PASTOR DA SUA IGREJA?

voce e obedienteVOCÊ É OBEDIENTE AO
PASTOR DA SUA IGREJA?

Obedecer – Do latim “oboediscere” – 1. Sujeitar-se a vontade de; 2. Estar sob a autoridade de; estar sujeito; prestar vassalagem; 3. Não resistir, ceder; 4. Estar ou ficar sujeito a uma força ou influência. (Dicionário Aurélio). O cristão que quer ter vitória em sua vida, deve ter um comportamento de obediência em relação ao seu pastor. A obediência as autoridades eclesiásticas é tão significativo quanto orar e jejuar muito. O cristão que desobedece ao pastor, com atos de rebeldia, e não reflete nas regras das autoridades, é um cristão derrotado!

“Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil”.  (Hebreus 13:17)

O versículo acima nos mostra que a obediência ao pastor tem que ser algo imprescindível na vida do cristão. E por várias razões se tem esse respeito ao líder da igreja: 1. Por ser uma pessoa escolhida por Deus para agir como cabeça, ou seja, para se ter a organização nos departamentos; 2. Pela maturidade do pastor, pois a sua experiência, muitas vezes, excede em muito a de um membro, por isso os conselhos do pastor são baseados no que ele já viu e/ou viveu; 3. Como visto no texto aos Hebreus, eles zelam pelas nossas almas, e irão dar conta de nós. Essa obediência também não deve ser de maneira hipócrita. Não se obedece à frente da autoridade, e depois, às ocultas, desabar em murmurações.

“Vós, servos, obedecei em tudo a vossos senhores segundo a carne, não servindo só na aparência, como para agradar aos homens, mas em simplicidade de coração, temendo a Deus”. (Colossenses 3:22)

Note neste versículo que a obediência deve ser “temendo a Deus”, e não temendo ao homem. Não se obedece ao pastor com medo do que o pastor pode fazer, mas se obedece ao pastor temendo a Deus. Deus a tudo vê e nada fica oculto aos seus olhos.

“Se alguém ensina alguma doutrina diversa, e não se conforma com as sãs

palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, é soberbo, e nada sabe”. (1 Timóteo 6:3)

Mas toda essa obediência ao pastor, que é bíblica, não pode ser cega! Mas como assim cega? Veja bem, Deus jamais irá confundir a sua vida em nada. “Porque Deus não é Deus de confusão”. (1 Coríntios 14:33). Nenhuma ordem de nenhum líder pode ultrapassar a Bíblia Sagrada.

“Mas ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema”. (Gálatas 1:8)

O apóstolo Paulo adverte que ainda que ELE MESMO ou até mesmo um anjo do céu pregar outro evangelho, que seja anátema – expulso do vosso meio. Ou seja, Paulo não atribui nem a ele uma obediência cega, sem base no Evangelho de Cristo. Por isso, é responsabilidade do cristão obediente, ler e estudar as Escrituras com afinco, afinal, ele vai estar obedecendo ao Senhor Jesus, que ordenou em João 5:39: “Examinai as Escrituras”. Bom lembrar dos crentes bereanos de Atos 17:11, em que tudo que Paulo e Silas pregavam, eles conferiam com as Escrituras, e assim aceitavam. E a bíblia diz que eles foram mais nobres que os de Tessalônica, porque receberam a palavra.

“Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim”. (At 17:11)

O cristão deve analisar a sua obediência à luz das Escrituras, pois toda doutrina deve ser segundo o Evangelho de Cristo, como o apóstolo Paulo ensinou:

“Os mentirosos, os perjuros, e para tudo que for contrário à sã doutrina,

SEGUNDO O EVANGELHO da glória do Deus bendito, que me foi confiado”.

(1 Timóteo 1:10, 11)

A obediência cega é fruto de manipulações, sem livre-arbítrio, característico na maioria das seitas diabólicas. O líder é visto como um semi-deus, e o que ele falar é “Deus falando”, independente de estar ou não de acordo com as Escrituras Sagradas. Identificamos essas manipulações, quando os líderes não dão respostas satisfatórias, e dizem que é pecado o membro questionar a liderança, pois o seu dever é “somente obedecer e acabou!” Os versículos bíblicos são isolados, não são claros (podendo ter significado para outros assuntos). Ou seja, nunca há uma base bíblica concreta. Em Joanestown, no ano de 1978, o pastor Jim Jones obriga 900 pessoas a tomarem veneno, dizendo ser uma ordem de Deus. (Foto ao lado). Sempre haverá questionamentos e dúvidas por parte dos membros. Jesus, sendo o Filho de Deus, nunca se negou a responder a quem o questionasse:

“E, respondendo alguns dos escribas, disseram: Mestre, disseste bem.

E näo ousavam perguntar-lhe mais coisa alguma”. (Lucas 20:39,40).

Em todos os Evangelhos você pode perceber que Jesus citava os livros de Moisés, de Isaías, respondendo aos que o interrogavam, e ainda os deixavam sem resposta, e sem poder perguntar mais nada. Jesus nos deixou o exemplo, para sermos seus seguidores, seus imitadores, em ter conhecimento da Palavra. Quando o cristão não busca conhecimento da Palavra de Deus, e apenas obedece ao pastor, ele deixa de ser servo de Deus, e se torna servo dos homens.

“Fostes comprados por bom preço. Não vos façais escravos dos homens”. (1 Coríntios 7:23)

Perguntar, querer um esclarecimento sobre determinado assunto, não é pecado, jamais o pode ser. Se a dúvida for sincera, se a pergunta é com o real interesse de se obter respostas claras, isso não pode ser visto como carnalidade ou desobediência. Do contrário Paulo e Silas reprovariam os bereanos de Atos 17:11. Ou também Jesus não responderia aos que o interrogavam em sua época.

“Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria. Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade. Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica”. (Tiago 3:13-15)

O líder que é um homem de Deus não cria confusões com invejas, ciúmes de púlpito, e outras intrigas que não caracterizam a sabedoria que do alto vem. Por esse e por outros motivos, o cristão deve buscar o conhecimento da verdade da Palavra de Deus, pois o libertará dos medos, dos achismos, dos ismos do meio evangélico, que só causam dúvidas, ao invés de fé e crescimento em Deus.

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. (João 8:32)

Ele não diz: “E recebereis oração forte e a oração forte vos libertará…” Toda oração é boa. Creio na oração de libertação, que expulsa os demônios, como Jesus mesmo expulsou demônios dos possessos. Mas o que Ele ensinou a nós? “CONHECEREIS a verdade”. O conhecimento da verdade liberta o cristão das heresias criadas por homens sem temor a Deus.

São muitos os pregadores espalhados pelo Brasil a fora, que adentram igrejas, casas, invadindo intimidades, “sentindo” de chegar na casa dos outros na hora do almoço (e só na hora do almoço, nunca depois), corrigindo os outros com doutrinas de homens (roupas), tirando todo o lazer, a liberdade, o qual Deus nos deu como fruto do suor do nosso rosto. Cheios de malícia e maldade, e sem conhecimento nenhum da palavra de Deus, entregando revelações confusas, causando transtornos a famílias inteiras. E quando algum cristão começa a interrogá-los na Palavra, respondem que não gostam de “teologia”. É muita hipocrisia!

É preciso ter muito cuidado nos dias de hoje, pois muitos são os que se acham missionários, evangelistas, pregadores, doutrinadores, exortadores, sem nenhum ensino bíblico, sem amor, sem vida, sem paz.

“Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas,mas, interiormente, são lobos devoradores”. (Mateus 7:15)

PASTOR E OVELHAS

pastor e ovelhasPASTOR E OVELHAS

“Na verdade, na verdade vos digo que aquele que não entra pela porta do curral das ovelhas, mas sobe por outra parte, é ladrão e salteador. Aquele, porém, que entra pela porta é o pastor das ovelhas. A este o porteiro abre, e a ovelhas ouvem a sua voz, e chama pelo nome às suas ovelhas e as traz para fora. E, quando tira para fora as suas ovelhas, vai adiante delas, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz. Mas, de modo nenhum, seguirão o estranho; antes fugirão dele, porque não conhecem a voz dos estranhos . . . Eu sou o bom pastor; o bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas. Mas o mercenário, que não é pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as suas ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa . . . Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai e dou a minha vida pelas ovelhas.” (João 10:1-5, 11, 12, 15)

“Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará e sairá, e achará pastagem. O ladrão não vem senão a roubar, a matar e a destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.” (João 10:9, 10).

Os textos relembram a nós a superabundância da graça divina. O propósito de Cristo é de proporcionar às suas ovelhas, em abundância, tudo o que enriquece a vida (conforme Salmo 23 : 1). Jesus é o Bom Pastor que dá a sua vida pelas ovelhas; é aquEle que Se entrega por elas. “A metáfora salienta o aspecto de risco na presença do perigo, mais do que a perda da vida” (Brooks). Entretanto, o sacrifício da Sua vida é também contido na expressão “Bom Pastor” (com o sentido de nobre, belo, capaz). – A metáfora estende a sua aplicação da porta para o pastor, dos falsos mestres, como ladrões, para o mercenário. O mercenário, que pastoreia as ovelhas para fins de lucro, as abandona na HORA DO PERIGO. Não têm preocupação por elas, pois não são dele e assim o rebanho se torna vítima dos lobos.

Não há de ser assim com o nosso rebanho. O nosso Pastor divino é Jesus, mas Ele tem designada aqui a Sua autoridade representativa, o pastor da Igreja, para pastoreá-la com dignidade e dedicação. As verdadeiras ovelhas o conhecem e ouvem a sua voz. Jamais se dispersarão. Jamais seguirão a quem não conhecem.

O pastor da sua Igreja conhece as suas ovelhas?