Arquivo de etiquetas: promessas

Quem tem promessas

Quem tem promessas

Quem tem promessasQuem tem promessas

Ao contrário do que muitos pregam o evangelho não é uma mensagem para nos livrar dos problemas. O evangelho é uma mensagem poderosa de transformação de vidas. O evangelho é novidade de vida.

II Cor 5:17 – “E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas”

download sermoes

O Cumprimento da Maior Promessa

O Cumprimento Da Maior Promessa

O Cumprimento da Maior PromessaO Cumprimento Da Maior Promessa

Quantas vezes somos chamados a estar na presença de Deus e ficamos desviando, buscando desculpas esfarrapadas ou outras justificativas para não atendê-lo prontamente?

Só nos lembramos de adorá-Lo quando se aproxima o Natal?

Será que atentamos, realmente, para a necessidade de adorar a Deus da forma como Ele gosta? E qual é esta forma?download sermoes

Onde Estão as Promessas de Deus

Onde estão as promessas de Deus?

Onde Estão as Promessas de DeusOnde estão as promessas de Deus?

Abraão, ao chegar à terra prometida, descobriu que era grande a fome na terra. Que decepção! Onde estavam as bênçãos prometidas por Deus?

Olha para o lado e descobre que no Egito – onde não serviam ao Deus verdadeiro – havia abundância de pão…

E Abraão decepciona-se e resolve sair da terra que Deus Lhe prometera e ir para o Egito…

Será que o mesmo não vem acontecendo com você?

Será que você também, como Abrão, não tem sentido vontade de dar uma “voltinha pelo Egito”? Afinal, onde estão as promessas de Deus?

 postado em 12.01.2011download sermoes

benny-hinn-doações

Benny Hinn pede doações de mil dólares para cada um de seus seguidores em troca de promessas de prosperidade

benny-hinn-doaçõesBenny Hinn pede doações de mil dólares para cada um de seus seguidores em troca de promessas de prosperidade

Recentemente, Benny Hinn pediu aos seus apoiadores para intensificarem a “doação de sementes”, com uma contribuição de mil dólares para o seu ministério, com a promessa de que os doadores entrarão em uma “nova dimensão de favor e crescimento”, como teria acontecido com o professor de finanças Todd Coontz.

Com mais de 1,7 milhões de seguidores do Facebook e Twitter, o evangelista citou o professor como inspiração para a “semente de maior nível” em um boletim enviados para seus seguidores na última semana, segundo relatado pelo The Christian Post.

- Eu acreditava em dar a semente da fé ao longo de décadas, e já vi isso funcionar de novo e de novo, mas de onde você tira esse ensinamento de 1.000 dólares? – teria perguntado Coontz a Benny Hinn, segundo o boletim.

- Ele me ensinou que Salomão, na Bíblia, ofereceu mil animais a Deus. Ele disse-me que há algo muito especial sobre o número 1000 e os milagres que acontecem quando as pessoas decidem doar – completou Coontz, citando a resposta que recebeu do evangelista.

Benny Hinn afirma então que, após ter aceitado o propósito de doar mil dólares, o professor recebeu de Deus “resultados rápidos” que eram “quase um milagre” e que “você muda completamente de vida”.

- Pelo que eu ouvi, e em resposta ao seu desafio, ele entrou em uma nova dimensão de favor e crescimento – acrescentou Hinn.

Hinn continuou sua nota aos seus seguidores citando as passagens bíblicas de Lucas 6:38 e 2 Coríntios 9:06, versículos populares entre os pregadores da chamada teologia da prosperidade, falando sobre receber ou “ter uma colheita” na proporção de suas doações ou “sementes”.

- Na verdade, a palavra mil está registrada na versão King James da Bíblia 521 vezes, por isso é, obviamente, uma questão que é importante para o reino de Deus – afirmou Benny Hinn, que conclui incentivando seus apoiadores a “semear uma generosa doação de US $ 1.000 ou o que Deus colocar em seu coração hoje”.

Fonte: gospel+

Aproveite e leia também “As Heresias de Benny Hinn”

E também As Estranhas Doutrinas de Benny Hinn

 

Garçom se torna dono de restaurante onde trabalhava após ouvir “profecia” de cliente: “É promessa de Deus”

moises-melo-de-brito

De funcionário a patrão, na mesma empresa. Esse é o resumo da história de vida do ex-garçom Moisés Melo de Brito, que há 1 ano e 5 meses ouviu de um pastor que fora ao restaurante a “profecia” de que ele seria proprietário do estabelecimento.

Brito, 34 anos, trabalhou 7 como garçom num restaurante e pizzaria no Centro de Rio Branco, capital do Acre. A conquista, para ele, é fruto de uma “promessa de Deus”.

“Eu sinto uma grande vitória, apesar de tantas lutas, pelo fato de eu vir de uma família muito pobre”, relembra o empresário, explicando o motivo de boa parte de seus funcionários serem seus familiares mais próximos: “Meu segmento é levado para a minha família. Essa estrutura envolve mãe, irmãos, filhos e esposa”.

No entanto, nem sempre foi assim. Antes de se tornar proprietário do empreendimento, Brito servia os clientes. Quando o antigo dono do lugar decidiu se desfazer do negócio, o garçom, preocupado com o emprego, saiu à busca de compradores, até que seu patrão sugeriu que ele assumisse o negócio.

Decidido, Brito se desfez de alguns bens materiais e reuniu os valores necessários para iniciar a empreitada. Desde a aquisição, o ex-garçom tem se empenhado para que o negócio seja lucrativo: “A alma do sucesso é você fazer o que gosta e o segredo é participar do seu negócio 24 horas por dia, porque quando você participa, sabe onde está errando. Outro segredo é ouvir o que o cliente tem a dizer. É um dos fatores para nos darmos bem no mercado, que é muito competitivo”, afirma.

Profecia

O empresário revelou à reportagem do G1 que durante um de seus expedientes, ouviu de um pastor que o local seria seu: “Acredito que uma das forças para eu ter o que tenho é Deus. Uma vez eu trabalhando, um pastor me disse que eu seria dono de onde eu trabalhava. E após um ano foi concretizado a profecia dele. Hoje, estamos aqui por promessa de Deus na minha vida”, conta.

Agora, o próximo desafio de Brito é transformar o espaço num local que sirva também como ponto de evangelismo: “Desde do início de 2013, esse projeto já existe. Minha ideia era colocar uma banda e deixar um espaço aberto, para dar uma palavra, se expressar, mas não deu certo. Queremos uma banda para dar certo”, diz o ex-garçom.

Fonte: Gospel+


cupcake2


O Cumprimento da maior Promessa


O Cumprimento da Maior Promessa

 O Cumprimento da maior Promessa

Quantas vezes somos chamados a estar na presença de Deus e ficamos desviando, buscando desculpas esfarrapadas ou outras justificativas para não atendê-lo prontamente?

Só nos lembramos de adorá-Lo quando se aproxima o Natal?

Será que atentamos, realmente, para a necessidade de adorar a Deus da forma como Ele gosta? E qual é esta forma?sermoes

De sexo a dieta: conheça 12 pastores que fizeram propostas inusitadas às suas igrejas e tiveram que cumpri-las


barrigudo

De sexo a dieta: conheça 12 pastores que fizeram propostas inusitadas às suas igrejas e tiveram que cumpri-las

Um pastor norte-americano virou centro das atenções recentemente ao anunciar que viveria como ateu por um ano para compreender o modo de pensar dos descrentes e aprofundar sua experiência espiritual e busca por sentidos.

Entretanto, esse não é o único desafio inusitado proposto por pastores norte-americanos nos últimos anos. De acordo com o Huffington Post, já houve casos de pastores que sugeriram aos fiéis a prática sexual com seus respectivos cônjuges durante 30 dias seguidos, ou vestir-se de sem teto e viver nas ruas por um tempo, a fim de conhecer os verdadeiros moradores de rua.

Veja lista de 12 desafios “diferentes” propostos por pastores nos últimos anos.

1 – Bispo sem-teto

O bispo mórmon David Musselman, da cidade de Utah, disfarçou-se de mendigo e foi para as redondezas de sua igreja antes de um culto. Na experiência, várias pessoas o abordaram para que saísse da área. Alguns ofereceram dinheiro, e outros, se mostraram indiferentes.

Durante o culto, ele caminhou até o púlpito, pediu para entregar uma mensagem e revelou sua verdadeira identidade. “Muitos, na verdade, saíram do seu caminho para me ignorar propositadamente, e eles nem sequer fizeram contato visual”, afirmou o bispo, que disse acreditar que a mensagem de sua iniciativa tenha sido transmitida.

2 – Um mês de sexo – sem desculpas

Em 2008, o pastor Paul Wirth, da Igreja Relevante, na Flórida, desafiou os casais na congregação a manterem relações sexuais por 30 dias seguidos, assim como ele e sua esposa havia feito.

Para justificar o desafio, Wirth citou um estudo que mostra que 20 milhões de americanos casados ​​fazem sexo apenas 10 vezes por ano, e afirmou que as igrejas deveriam fazer algo sobre isso.

A reação foi muito positiva, segundo o pastor. “Tem sido ótimo”, disse Doug Webber, membro da igreja. “Estamos definitivamente dormindo melhor, e isso realmente nos uniu como um casal. Estou surpreso que tenha funcionado tão bem. “A Igreja renova periodicamente o desafio”, complementa o pastor.

3 – Uma semana de “cópula congregacional”

Também em 2008, o reverendo Ed Young da Fellowship Church, em Grapevine, Texas, exortou os casais em sua megaigreja de 20 mil membros a seguir ele e sua esposa em um um desafio chamado de “Sete Dias de Sexo”, numa espécie de semana de “cópula congregacional”, como ele chamou.

Depois do desafio, o pastor e sua esposa instalaram uma cama no telhado da igreja e se comprometeram a passar 24 horas lá juntos na frente de Deus e todo mundo. Mas ele sofreu uma lesão na luz do sol para os olhos e teve que abortar essa curta experiência sexual.

4 – Perder peso para o Senhor

O pastor Rick Warren, da Igreja Saddleback, no sul da Califórnia vem promovendo uma espécie de dieta bíblica. Em 2011, ele disse que precisava perder 40 Kg, e desafiou sua congregação para ajudá-lo, fazendo uma dieta que ele chamou de “O Plano de Daniel”, basicamente “um regime de 40 dias com base no Livro de Daniel”.

Cerca de 12 mil pessoas se inscreveram e no decorrer do ano lançaram um objetivo coletivo de perder 113 mil Kg. Em dezembro de 2013, o pastor Warren publicou a experiência de “O Plano de Daniel” como um livro.

5 – Comer com pouco $

O Desafio Food Stamp, que pede aos participantes a comerem alimentos comprados com apenas US$ 4,39 por dia, foi aceito pelo pastor metodista Sonnye Dixon. A ideia é que os participantes entendam como é a realidade de pessoas com baixa renda em diversos países do mundo.

Dixon passou 2007 gastando apenas US$ 21 por semana, e afirmou que no começo, foi difícil.  “Perto do final da semana, por causa da dieta, eu fiquei irritado, meus padrões de sono se tornaram confusos, e por isso, tenho toda a noção do que acontece e do impacto que a dieta tem no indivíduo. Todos os efeitos foram muito reais para mim”, afirmou.

6 – Enviem dinheiro pra eu sobreviver

Um dos mais famosos e controversos esquemas de angariação de fundos de uma igreja foi lançado pelo falecido, Oral Roberts, conhecido como grande entusiasta da teologia da prosperidade.

Em janeiro de 1987, Roberts disse à sua audiência nacional de televisão que ele precisava receber US$ 8 milhões, ou mais, até março, para financiar um hospital que ele estava construindo.

“Eu estou pedindo para você ajudar a prolongar a minha vida”, disse ele. “Estamos no ponto em que Deus poderia chamar Oral Roberts para casa em março”.

Os fiéis atenderam o desafio e doaram US$ 9,1 milhões. Entretanto, o hospital acabou fechando dois anos depois, e Roberts morreu em 2009.

7 – Pastor encaixotado

Em 2009, o pastor Ben Dailey prometeu passar três dias vivendo em um cubo de acrílico de 1,9m² em cima de sua igreja em Irving, Texas, caso mais de 4 mil pessoas frequentassem os cultos de Páscoa e o domingo seguinte, quando o número de fiéis cai bruscamente.

A congregação superou o desafio – foram 4.006 pessoas nos cultos- e o pastor Dailey entrou na caixa, que tinha eletricidade, um ar-condicionado, livros, notebook, televisão, um iPhone, uma cadeira e uma abundância de alimentos.

8 – Reverendo no telhado

O reverendo Corey Brooks armou uma tenda no telhado de um hotel abandonado de Chicago e prometeu ficar lá até que fosse arrecadado dinheiro suficiente – 450 mil dólares – para comprar e derrubar o prédio, que segundo o pastor, era um paraíso para as drogas, prostituição e violência.

Em fevereiro de 2012, o ator Tyler Perry prometeu 98 mil dólares para colocar Brooks no alto do prédio, e ele desceu depois de 94 dias.

9 – Se você gosta, então deveria ter colocado um anel

O bispo Rudolph McKissick Jr. sabia que muitos casais da congregação de Jacksonville, na Flórida, estavam vivendo juntos sem estarem casados, assim como muitos casais não iam à igreja.

Mas em um culto de domingo em outubro de 2013 o bispo cansou da situação e desafiou os amasiados da platéia a tomarem uma posição de irem ao altar e se comprometerem a dar casar em um mês. Nove casais se levantaram, e um mês depois, se casaram.

10 – Andar a pé em Nova York com uma cruz

Robert Wood anda pelas rodovias (literalmente) e atalhos da região de Nova York barbudo e vestido com túnicas, carregando uma mochila e uma enorme cruz de madeira. Seu objetivo é levar as pessoas a se converterem ao cristianismo. “Tenho feito isso por 22 anos”, disse ele em uma entrevista de 2012. “Eu não vou parar a não ser que o arrebatamento venha ou eu morra na estrada”, disse ele.

11 – Viver a Bíblia, escrever o livro

Por que os pastores devem ter toda a diversão? O editor da revista Esquire, AJ Jacobs, escreveu em 72 páginas cada regra encontrada por ele na Bíblia e passou um ano tentando seguir todas eles.

Não raspou a barba, e apedrejou um adúltero (embora tenha usado pedras que não machucavam muito). O resultado: um livro chamado The Year of Living Biblically: One Man’s Humble Quest to Follow the Bible as Literally as Possible (“O Ano Vivido Biblicamente: A Busca de um Homem por seguir a Bíblia o mais literal possível”, em tradução livre).

12 – Não tente isso em casa

Com o desejo de “alcançar os perdidos para Jesus Cristo”, uma equipe de acrobacias de moto fundada em 2009 passou a viajar para feiras organizadas por igrejas nos Estados Unidos sob o argumento de ser um “ministério evangelístico esportes de ação”. Um dos primeiros integrantes e mais exuberante, porém, é o pastor e motociclista Aaron Ramsey, que dirige o ministério “Salto para o Rei” e salta ônibus em estacionamentos de igrejas, por vezes, através de uma parede de fogo.

Fonte: Gospel+