Arquivo de etiquetas: vale ossos secos

RESTAURANDO O IMPOSSÍVEL

RESTAURANDO O IMPOSSÍVELRESTAURANDO O IMPOSSÍVEL

Ezequiel 37.1-14

Introdução:
Quando as nossas esperanças beiram o limite da própria desesperança e também os limites da impossibilidade o que fazemos? Nestes momentos devemos permitir que a nossa fé siga os passos recomendados por Deus.

Transição:
Aprendamos mais uma vez com esta que é uma das mais belas páginas das Escrituras a respeito do Deus que restaura o impossível.

I. Quando Deus nos mostra o caos da vida.
1. Um vale cheio de ossos secos.

  • Era um vale muito grande
  • Os ossos estavam secos
  • Os ossos estavam separados

2. Esta situação precisa ser revertida por obra de seres humanos.

  • Poderão viver estes ossos?

3. Nenhum ser humano tem capacidade para fazer tal obra.
4. A resposta de Ezequiel é uma das mais inteligentes em toda a Bíblia:
Senhor Deus, tu o sabes. Deus é omnisciente.
5. Aprendamos algumas lições preciosas deste episódio:

  • Quando tiramos um raio-x da vida, é possível que muitas coisas sejam parecidas como um vale de ossos.
  • O importante aqui é não perder de vista que Deus pode restaurar estes ossos.
  • Se Deus pode, ele pode. Se Deus não pode, ninguém pode.
  • Tu o sabes.

2. Quando Deus ordena a restauração da vida.
1. A restauração começa com a palavra que sai da boca de Deus

  • Esta palavra deve ser ouvida
  • Esta palavra deve ser obedecida

2. Agindo sobre o que ouviu, o milagre começa a acontecer.
3. O fôlego da vida atinge aqueles ossos.
4. Aprendamos algumas lições preciosas aqui:

  • É preciso coragem para orar no meio de uma circunstância adversa, no meio de uma causa perdida.
  • Todavia, notemos que não é a nossa oração que vai produzir a restauração, mas sim o poder de Deus (5).
  • O milagre é tão grande que se Deus não realizar, ninguém mais poderá realizar.

3. Quando Deus promete uma nova história de vida.
1. Estes ossos são a casa de Israel.
2. A nação estava desolada, aflita e sem nenhuma esperança
3. Deus promete restaurar a terra deles, retornando os do cativeiro.
4. Eles receberão o Espírito do Senhor.
5. Aprendamos mais algumas lições:

  • Quando acaba a nossa esperança, a nossa força, isto não significa que não há mais nada a ser feito.
  • “Portanto” (12) profetiza…
  • Quando estávamos como mortos, a vida foi restituída. Uma nova vida, uma novo fôlego.

Conclusão:
Qual o propósito desta história?
Saber que Deus é o Senhor de todas as coisas, da morte e da vida.
Saber que o Deus fala, ele cumpre.

Rev. Antonio Carlos Barro